[Guia] Planejamento Previdenciário

Sexta, 13 de Novembro de 2020

[Guia] Planejamento Previdenciário

Introdução

O sistema previdenciário brasileiro mostra-se complexo e burocrático, com alterações recorrentes na legislação, que por vezes ficam difíceis de acompanhar. 

Naturalmente, surge uma solução prática, que minimiza os erros, agiliza o encaminhamento do benefício e traz vantagens ao segurado: O Planejamento Previdenciário.

O Planejamento precisa ser bem estudado e calculado para que se garanta o melhor benefício.

Neste artigo, será exposto um guia introdutório para a realização do planejamento previdenciário.

O que é Planejamento Previdenciário?

Conforme afirmado anteriormente, o planejamento previdenciário é de suma importância para garantir o melhor benefício.
Por se tratar de uma "previsão", "preparação" ou "projeção" da aposentadoria, está baseada no caso concreto de cada contribuinte e no estudo da legislação.


Se trata de um serviço de organização e de preparação pré-aposentadoria que visa garantir que o trabalhador se aposente com o melhor benefício possível e na forma mais rápida.


Consistindo na análise aprofundada de toda a vida laboral do segurado e principalmente dos seus dados. Tais quais: tempo de contribuição, idade e valores que são cruzados e assim apresentam diferentes opções de aposentadoria, com vantagens e desvantagens de cada
uma.


Dentro das opções, sendo ele veiculado ao RGPS (iniciativa privada) ou ao RPPS (servidores públicos) é possível que o segurado entenda quais são as perspectivas referentes ao atingimento dos requisitos necessários dar entrada nos benefícios previdenciários, especialmente a aposentadoria buscando desde o início o benefício que melhor atenda às necessidades e expectativas.

Qual é a sua importância?

Um bom planejamento previdenciário deve levar em consideração riscos existentes. É necessário pensar nos riscos imprevisíveis que podem ocorrer a qualquer momento e, inclusive, inviabilizar a concretização da aposentadoria. São alguns deles: doença, acidente
e morte.


Além dos riscos imprevisíveis, existem riscos como o pedido negado devido a falta de documentação que comprove as exigências. Esse é um dos motivos que tornam o planejamento previdenciário tão importante.

  • Evita aposentadoria depois do tempo ideal (causando perda financeira);
  • Evita prejuízo com aposentadoria antes do tempo;
  • Garante o valor certo da contribuição;
  • Colabora para o recebimento do melhor valor possível.

Portanto, um planejamento previdenciário deve contemplar a previsão de cobertura para outros riscos além da aposentadoria. O ideal é que se preveja na ocorrência de tais riscos, o segurado esteja protegido.

 

Como aplicar ao seu cliente?

Oferecer um planejamento previdenciário é essencial para qualquer advogado previdenciarista, sendo esse um serviço de grande importância para um escritório de advocacia previdenciária.

Não são todos os advogados que entendem o valor de um planejamento da aposentadoria, mesmo sendo esse um serviço de importância para garantir a melhor aposentadoria possível e de expressivo valor para os clientes.

Conclusão

O momento de se aposentar é esperado por milhares de brasileiros todos os dias, portanto, o planejamento e a orientação de um profissional são essenciais. O planejamento previdenciário deve encarado como um investimento e não como um custo de um serviço a
ser prestado.


Muito mais do que um planejamento de aposentadoria, o segurado estará planejamento o futuro, a partir desse plano ele conseguirá decidir viagens, investimentos, moradia e outros.


A ausência de um planejamento causa perdas e prejuízos.


Portanto, não deixe para a última hora, saber mais sobre planejamento previdenciário pode ser um divisor na vida do contribuinte como do previdenciarista.

 

Clique no botão abaixo (Saiba mais) para saber cada detalhe de como fazer um planejamento previdenciário.